A menina que matava caracóis

Filosofias úteis, inúteis e outras coisas que você pode não precisar.

Arquivo para a categoria “Para curtir antes de morrer”

Mas que merda?! – Termos de busca #2

Sei que faz pouco tempo desde o último deste post, mas já tem tanta coisa que terei de postar. Hehehe. 😀 Ah, é mesmo: ontem não deu certo, mas também acho que avisei muito tarde. Vamos tentando até conseguir, ok? 🙂 Divirtam-se nesta edição!

1. combinado de ouvir a professora (é, cansamos de ser surdos)

2. som bebê agitação vida merda (quê?)

3. tudo (bem abrangente)

4. cachorro puldo branco (HUAEUHEAUHAEUHEAUHEAEA. Puldo!)

5. estou transando com segunrança (tem certenza?)

6. beije cachorro (MAS QUE MERDA?!)

7. as menina de catoze no so pensa na quilo (ok, eu acho… estranho. O_Õ)

8. como atingir o orgasmo femenino se masturbando (assim: seja mulher e se masturbe. MANO, MAS QUE MERDA?!)

9. putas indianas tranzando (…)

10. videos estimulando o orgasmo feminino (não seria mais fácil apenar acessar o RedTube?)

11. video de mulher tento orgasmo (acho que não deveria ter feito aquele post sobre orgasmo feminino…)

12. morenos gostosos (UHAEHU. Não sei porque, mas achei isso MUITO engraçado)

13. lindos corpos em orgasmo (pelo menos, esse foi poeta)

14. mulheres gritando tendo orgasmo aparelho de sexo (vibrador! É VIBRADOR!)

15. yutub como faser uma mulher ficar ecitada (nome: criança de 12 anos | função: fazer merda)

16. orgasmo face (UHAUHAUHA. orgasmo é o novo poker face)

17. e verdade que o homem sente sexo anal e porque sente prazer por outro homem (MAS QUE MERDA?!)

18. colegias so de calcinha (pessoal, vocês estão entrando no site errado…)

19. cachorro pudoo (outra versão da mesma raça)

20. tatuagens genitais (somente três palavras…: MAS QUE MERDA?!)

21. tattoo amo você bumbum (UHEAHUAE. eu entendi o que quis dizer… MAS EU TE AMO, BUMBUM!)

22. rosa na bunda tatto (curto e grosso)

23. fotos da verruga dabruxa da branca de neve (outro bem específico)

24. shrek sozinho (que dó que dó que dó que dó que dó que dó que dó!)

25. me revolto com o mundo (UHAUHAUH. direto)

26. quem nunca comeu halls preto com agua não sabe o’que é dor (sou obrigada a concordar)

27. quando praticamos exercicios fisicos o que acontece com o intestino grosso (é… sei lá?)

28. olhe para o droga durante 3 segundos (UHEUHAE, acho que sei do que ele está falando: Idoser)

29. lacto purga para periquitos (MAS QUE MERDA?!?!?!)

30. canções militares ai o raio do caracol é um bicho do caralho (novo slogan do blog: A MENINA QUE MATAVA CARACÓIS – Um blog do caralho)

Mas que merda?! – Termos de busca

Há algum tempo, notei que parte dos blogs que eu visito postam (de tempo em tempo) os mais bizarros termos de busca. Explicando melhor, quando alguém encontra meu blog por meio de alguma pesquisa no Google – por exemplo – eu consigo saber o que a pessoa procurou e quantas vezes aquele termo foi usado para chegar ao blog. Pois bem. Devo avisar que esse post não foi feito para ridicularizar aqueles que pesquisaram (mesmo porque eu não consigo saber quem pesquisa). O objetivo real deste post é apenas dar boas risadas com coisas às quais não estamos acostumados a ouvir. Caso ainda não saibam, as observações entre parêntesis (nunca sei se é assim que escreve) são minhas, e não parte das buscas, ok? 😉 Divirtam-se! :*

1. ritual orgasmo ao extremo (é muito prazer!)

2. tatuagem no olho (MAS QUE MERDA?! Pior é que existe… E FICA LEGAL. OMG! HUAEHUAE. Verdade, fica legal mesmo. U_U)

3. como funciona o nosso cérebro de um psicopata (isso foi tipo um ‘quem peidei’?)

4. desenhos animados orgias sexuais (vulgo: hentai)

5. piriquetes.wordpress.com (esse site existe, eu tentei. ><)

6. aparelho para o orgasmo feminino (vulgo: vibrador ou dildo)

7. tatuagens nos gemeos das pernas (quem são os gemeos das pernas? ._. Ah, descobri. Thiago me falou que são as panturrilhas. G_G)

8.  jogos para celular do caracol que esconde o coco (a minha única preocupação agora é: côco ou cocô?)

9. passatempo mcdonalds deitados de barriga (quê?)

10. banana ó (Ó! Ó!)

11. riquinho rico drogado (mais rico que drogado)

12. ponto cruz pokemon (ponto cruz, eu escolho você!)

13. se afogando no orgasmo (é tanto orgasmo que ninguém aguenta)

14. crianças comendo a mesa (MAS QUE MERDA?!?!)

15. de repente eu morri e ninguém sabe (e o Google psicografa as buscas pra você)

16. emtodos os lugares ao mesmo tempo (vulgo: Deus)

17. machuquei o ouvido com cotonete e sangrou (procure um médico, não o Google)

18. o que significa baby na pornografia para uma porno? (isso faz algum sentido?)

19. famosos na punheta (isso me lembrou uma coisa)

20. tatoo no braço de meninas loucas (só as loucas!)

Bom, gente. Por enquanto é isso. 🙂 Guardarei os próximos termos semelhantes e postarei novamente daqui a algum tempo, ok? Obrigada pela paciência!

Beijinhos,

Letii

A cavalgada

Olá, queridos leitores! Pois bem, tenho causos a contar. 🙂 Ontem, fui a uma cavalgada noturna (sem segundas intenções, por favor. G_G). A verdade é que nunca me dei muito bem com cavalos, mas quis arriscar. Estava até indo bem: ele virava, parava e andava quando eu mandava. Contudo, acho que ele era meio jegue e, de vez em quando, decidia empacar. Papai dizia pra eu dar umas batidinhas com o calcanhar nele. E dava chutinhos, mandava beijo, anda-pelo-amor-de-deus e NADA. Eu praticamente ESPANQUEI o cavalo e ele não fez questão de SAIR DO LUGAR. Foi tenso. 😐

Porém, contudo, todavia, a cavalgada foi boa e um monte de mosquitos-monstros-jurássicos me picaram. :D A melhor experiência da minha vida. *-* Hehehe. Brincadeiras à parte, uns amigos dos meus pais foram com a gente e levaram seu filho pequeno (não tinha nem dois anos ainda). Antes de sairmos a cavalgar, ficamos numa casa até que todos os cavalos estivessem prontos. O filho pequeno começou a brincar com uma cadeira de balanço, jogando-a para trás com força. Veio, então, uma menininha mais velha de cinco ou seis anos e parou a cadeira na mão. O garotinho tentou balançar de novo e não conseguiu. A menina fez a maior cara de quem se acha e parecia dizer, arrogante: “Não é pra balançar assim.”, sendo que ela faria  a mesma coisa. Até que ela soltou o objeto, mas continuou atrás dele. O pequeno balançava a cadeira e esta quase batia na menina. “Só cuidado pra não machucar.”, o pai dele disse. “Tem é que dar no meio da testa!”, Letícia pensou, ensinando coisas certas às crianças. 😀 Ai, me orgulho de dar exemplos! :’D Hehehe. Bom, por hoje, é só. 🙂

Beijinhos,

Letii

Sobre minhas habilidades culinárias

Bate aquela fome. Vou preparar a janta. Abro a geladeira: tem sopa de feijão num pote de sorvete e frango de dois dias atrás. Joga tudo na panela e deixa esquentar. Fuck yeah, eu sei cozinhar. 😉 (ou, pelo menos, é o máximo que eu sei fazer. LOL)

Beijinhos,

Letii

(WordPress não funcionava ontem. :/)

Coisas engraçadas – 3ª edição

O post de hoje é pra dar uma descontraída no clima de republicações e aproveitar que estou com tempo livre para postar. 😉 E nada melhor para descontrair que mais um post da série Coisas egraçadas!

 

Coisa engraçada 1:

Nesse carnaval, uma pessoa veio aqui em casa (não vou dizer quem é em função da privacidade). Antes de dormir, surgiu entre nós uma conversa sobre virgindade.

Eu: E com quantos anos você perdeu a sua?

Pessoa: Ah, até que não foi tão cedo, não… Eu perdi com dezoito anos. Mas também nem deu certo, viu?

Eu: Porque não? õ_õ

Pessoa: Ai, porque os dois ficaram com vergonha, não subia nem descia, ficava tudo seco, aí quandod ava pra um não dava pra outro, eu enchi o saco e falei: “Quer saber? Vá à merda, vamo embora daqui!”.

Em seguida, caímos no assunto da Aids.

Pessoa: Não, porque, hoje o cara vai lá e “Ôôô, meu amor!”. *movimento do créu* Pronto, tá com Aids. U_U

E, enfim, sobre camisinhas estranhas.

Pessoa: Ah, vai enfiar isso na sua mãe!

Basicamente isso. O_Ô

 

Coisa engraçada 2 (acaba de acontecer):

Eu e Gu falando por msn sobre pêlos.

Gu: Seu bumbum peludo deve ser fofo. ALOK

Eu: UAEUHAEUHAEUH. Você tem muito pêlo na perna, Gu?

Gu: Sempre me julgaram por isso. É por isso que eu não usava bermuda. Porque quando eu tava na quinta série, minhas pernas eram tão peludas quanto as dos pais dos meus amigos.

Eu: Huehuehue. Ai, que dó. Paulo não tem muito pêlo… Só na cabeça. LOL

Gu: UHEUHAE.

Eu: Na CABEÇA DE CIMA. LOL

Gu: UHAEUHAEUHAEUHAE. TORINDO.

Eu: Pêlo na cabeça de baixo seria tenso mas, seilá, né? De repente…

Gu: UHEAHA. Seria nojento. Sexo oral.

Eu: UHAEUHAEUHAEUHAE. Ia um monte de pentelho na boca. ARGH.

Gu: ECAECA.

E, incrivelmente, tudo está ligado ao sexo. ._.

Beijinhos,

Letii

Republicação dos melhores textos #8: Pelinhos

E, a pedidos e comentários de meus queridos leitores Sol, Gu Castilho e Pê: PELINHOS!

Ah, sei lá. (><) Às vezes eu falo as coisas sem pensar muito, sabe? É esquisito, porque normalmente essas coisas que eu falo acabam indo pro lado da malícia (quando interpretam errado) e eu sou uma pessoa que enxergo muita MUUUUUUITA malícia nas coisas. Aí, eu acabo de falar e entendo o lado capcioso da coisa e não entra na minha cabeça como eu não pensei que pudessem levar para aquele lado antes de falar aquilo! (hm, acho que ficou meio confuso. Desculpem. -.-’)

Hoje, eu estava no salão. Aí, uma mulher ligou lá e a manicure atendeu. A mulher queria se depilar e a manicure perguntou pra outra quanto era pra depilar a virília e o bumbum. Nisso, uma cliente falou: Nossa, depilar o bumbum? Quem depila o bumbum? Homem?. E eu respondi que não, que existe, sim, mulher de bumbum peludo e que eu sabia daquilo por experiência própria. O_O’ Mas acontece que eu quis dizer que eu tinha o bumbum peludo, entenderam? (Nossa… Eu queimo meu próprio filme…  -.-’).

É tipo aquela vez da vaselina, lembra? Se não, procurem aí no blog: King Kongs. É um post, tá lá no meio, ok? Agora me vou.

Beijinhos,

Letii

Republicação dos melhores textos #7: O hômi

Sentadas no banco de trás do carro, com as janelas abertas, esperando mamãe voltar. Eu e minha irmã curtindo Maria Rita em seus sambinhas. Passou um cidadão ao lado da minha janela, parecia bêbado. Olhou para a minha cara e começou a falar. Morrendo de medo e não entendendo nada do que ele falava, me desesperei. Entrei em pânico, abaixei o volume do rádio, não queria responder. Cutuquei a minha irmã incansavelmente, que também se assustou com a situação e comecei a implorar:

O hômi, Laís! O hômi tá aqui, Laís! Eu não tou entendo nada que o hômi tá dizendo, Laís! Fala com o hômi, Laís! Fala com o hômi, Laís!

Eu não vou falar com o hômi!

Por favor, Laís! Fala com o hômi!

E as duas riram na cara do “hômi” até ele ir embora. O problema é que, quando ele saiu, foi para a traseira do carro (para atravessar a rua) e eu achei que ele fosse assaltar a gente.

Laís, o hômi vai entrar no carro! O hômi vai entrar!

Então tranca! Tranca as portas!

Ai, meu Deus! O hômi!

E ele atravessou a rua e continua sua caminhada talvez sem rumo, enquanto ríamos feito idiotas. Essa é a história do hômi.

Beijinhos,

Letii

Republicação dos melhores textos #4: O pé de moleque

Porque mulher de tpm é tão chato? Pô, estou brava, estou carente, estou irritada e tudo contra a minha vontade! Posso dizer todos os motivos para eu não estar assim, mas isso não me convence. Que droga. Ah, mas aconteceu uma coisa engraçada esse fim de semana: estavámos eu e minha irmã em um sítio e resolvemos fazer uma encenação da primeira atuação da GaGa com a Beyoncé, na caminhonete, em Telephone – que, aliás, é meu vídeoclipe favoritaço.

Agora, se você não viu a primeira cena das duas, veja. Acredite: você vai precisar. Se não quiser esperar até a cena, ao menos veja do 4:45 ao 5:08. A não ser que você já tenha visto em outro lugar e lembre de todos os detalhes. Ai, o que você ainda está fazendo aqui: independentemente de ter visto ou não, veja porque esse é o clipe mais legal que existe! Ok, agora você já deve ter visto, então: sabe aquela coisa que a Honey B morde e depois dá pra GaGa morder (e ela quase não solta mais)? Bem, como não tínhamos disso, o substituímos por um pé de moleque gigante. G_G Muito bem, estávamoslá: minha irmã de Beyoncé e eu de GaGa. Ela deu uma mordida. Eu dei uma mordida (e quanse não soltei mais). E uma ficou olhando pra cara da outra com aquele pé de moleque grotesco nas mãos da minha irmã.

Vai, caramba! Joga logo! – Eu gritei. E minha irmã jogou um pé de molecão quase inteiro pela janela. -.-º – Porque você fez isso, Cristo?!

Ué, você mandou jogar logo!

Mas era pra fingir!

E lá se foi o pé de moleque. Apodrecendo na grama, sem ninguém com coragem de pegar e jogar no lixo.

Beijinhos,

Letii

Às nove

Eu e Bá, agora há pouco, no telefone:

Eu: Nossa, Bá. Só deixa eu te contar: você nãos abe que horas que eu fui dormir hoje!

Bá: Você não sabe que horas EU fui dormir hoje! Eu ganho de você!

Eu: Que horas você foi dormir?

Bá: Às sete horas da manhã!

Eu: HÁ! Ganhei, eu fui dormir às nove!

Isso mesmo, gente linda. Fui dormir às nove da manhã e acordei às treze quase em ponto. Passei a noite inteira lendo a primeira parte do meu livro, revisando e marcando o que devia ser modificado. Cansou bastante, mas foi legal (porque não me lembrava com detalhes de tudo o que escrevi). Pois agora vou consertar tudo o que marquei.

Beijinhos,

Letii

Coisas engraçadas – 2ª Edição

Olá! Sabe, gente, anda acontecendo bastantes coisas engraçadas ultimamente… Por exemplo: meus pais e eu no carro.

Mamãe: Lê, o que é Penthouse?

Eu: UHAEUHAEUHAEUHAE. Até onde eu sei, Penthouse é uma revista pornográfica americana… Ou britânica, sei lá. Mas é só o que sei!

Ou mesmo…

Eu e minha irmã andando na rua. Uma moça vem caminhando na nossa direção oposta e na mesma calçada. Logo atrás dela, vêm duas meninas – sendo que uma delas estava de saia curta e camiseta transparente. Minha irmã aponta para a menina de trás de fala em voz alta:

-Olha! Uma prostituta!

A primeira moça ouviu. ‘-‘ E eu só conseguia falar:

-Laís!

-A de trás, Lê! A de trás!

-Aaai, Laís!

Foram essas entre outras coisas que não me lembro que aconteceram. Foi engraçado. G_G

Beijinhos e feliz ano novo!

Letii



Navegação de Posts

%d blogueiros gostam disto: