A menina que matava caracóis

Filosofias úteis, inúteis e outras coisas que você pode não precisar.

Essas pessoas

“O que eu fiz?
O que eu fiz?
Como eu pude ser tão cego?
Tudo está perdido,
onde eu estava?
Estraguei tudo,
estraguei tudo.
Tudo saiu errado.

O que eu fiz?
O que eu fiz?
Encontre um antro profundo
para me esconder,
em um milhão de anos eles me encontrarão.
Apenas poeira e uma placa onde se lê:
‘Aqui jaz o pobre e velho Jack’.

Mas eu nunca quis essa loucura, nunca!
E ninguém realmente entendeu,
bem, como poderiam?
Que tudo o que eu queria era trazê-los algo grandioso!
Porque nada nunca sai como deveria?

Mas que inferno,
eu dei o melhor de mim!
E, por deus, eu experimentei algo bárbaro!
E por um momento, porque, eu até toquei o céu!
E, pelo menos, eu deixei histórias que eles podem contar!
Eu deixei!

E pela primeira vez desde,
não me lembro quando,
me senti como na minha velha forma ossuda outra vez!”
Poor Jack – The Nightmare Before Christmas

Não faz uma semana que quase te escrevi: Eu ainda te amo. E já faz um mês. Menos tempo ainda faz que comecei a me questionar se você ainga gostava de mim. À princípi, rreferi ficar na ignorância – porque doeria menos caso a resposta não fosse aquilo que eu esperava. Mas isso me fez parar pra pensar: se eu sempre disse que o que será, será., porque estou com tanto medo? Foi bom, foi muito bom enquanto durou – e isso não posso negar de forma alguma. Não, não estou dizendo que parei de gostar extremamente de você. Mas não se ainda é amor. É a superação, sabe? Conforme as coisas vão melhorando, os sentimentos se confundem e a gente já não sabe mais pra onde ir. Eu não sabia, pelo menos. É um caos, pra falar a verdade. Não quero que se sinta mal, caso leia isso – mas encare como um impulso para o próximo patamar. Vamos amadurecer, o tempo vai nos envelhecer (talvez fiquemos mais bonitos) e vamos, acima de tudo, mudar.

A música acima é para expressar a altíssima qualidade de todo o tempo que gastei com você e também todo meu processo de recuperação. Por mais difícieis que fossem as épocas de tensão, eu estava feliz como nunca – e peço que acredite em minha palavra. Você foi meu sonho adolescente, lembra? Eu te amei demais, Pa. Mas é hora de continuar. O que será, será. E vai sempre tudo dar certo se a gente quiser. Se tem duas coisas que eu aprendi com a arte da leitura, estas foram: “Dias de chuva são apenas um preparo para um belo dia de sol”, além do que, “A vida é um tear sem pontas soltas, com os fios entremeados e revestidos de significado. Nada é por acaso, tudo é inevitável.”.

Ainda queria te dizer muitas coisas – verdades que levariam uma vida para pela minha boca se expressar. Eu enrolo muito, sou complicada demais. Felizmente, essas pessoas o fizeram por mim. Acredite, Pa. Você é incrível e perfeito. Apesar de dados depoimentos do primeiro parágrafo, me agradaria terminar este texto da mesma forma que dei por encerrado a maioria dos outros igualmente dirigidos a você: Eu te amo, Pa.

Navegação de Post Único

4 opiniões sobre “Essas pessoas

  1. falo para o Marcelo u.u

    Letti , bem, nem adianta eu falar muito, sei que são poucas as palavras que nos reconfortam nessas situações. Já senti o que você está sentindo. E só o tempo pode nos curar .
    E com o tempo iremos envelhecer, “mudar” .
    Desejo que tudo se ajeite ai , que o “caos e a confusão” suma e que você possa ser muito muito muito e muito feliz , mais do qe vc era antes.

    Beeijos (:

    • nossa, Rapha.
      obrigada, MESMO.
      você não sabe – aliás, deve saber – como esse tipo fala ajuda nessas horas.
      mas é isso aí: cada vez mais força, mais vontade de seguir em frente.
      porque o que será, será – não é? 😉

      Beijinhoooos :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: