A menina que matava caracóis

Filosofias úteis, inúteis e outras coisas que você pode não precisar.

Arquivo para o mês “dezembro, 2010”

Às nove

Eu e Bá, agora há pouco, no telefone:

Eu: Nossa, Bá. Só deixa eu te contar: você nãos abe que horas que eu fui dormir hoje!

Bá: Você não sabe que horas EU fui dormir hoje! Eu ganho de você!

Eu: Que horas você foi dormir?

Bá: Às sete horas da manhã!

Eu: HÁ! Ganhei, eu fui dormir às nove!

Isso mesmo, gente linda. Fui dormir às nove da manhã e acordei às treze quase em ponto. Passei a noite inteira lendo a primeira parte do meu livro, revisando e marcando o que devia ser modificado. Cansou bastante, mas foi legal (porque não me lembrava com detalhes de tudo o que escrevi). Pois agora vou consertar tudo o que marquei.

Beijinhos,

Letii

Coisas engraçadas – 2ª Edição

Olá! Sabe, gente, anda acontecendo bastantes coisas engraçadas ultimamente… Por exemplo: meus pais e eu no carro.

Mamãe: Lê, o que é Penthouse?

Eu: UHAEUHAEUHAEUHAE. Até onde eu sei, Penthouse é uma revista pornográfica americana… Ou britânica, sei lá. Mas é só o que sei!

Ou mesmo…

Eu e minha irmã andando na rua. Uma moça vem caminhando na nossa direção oposta e na mesma calçada. Logo atrás dela, vêm duas meninas – sendo que uma delas estava de saia curta e camiseta transparente. Minha irmã aponta para a menina de trás de fala em voz alta:

-Olha! Uma prostituta!

A primeira moça ouviu. ‘-‘ E eu só conseguia falar:

-Laís!

-A de trás, Lê! A de trás!

-Aaai, Laís!

Foram essas entre outras coisas que não me lembro que aconteceram. Foi engraçado. G_G

Beijinhos e feliz ano novo!

Letii



Post natalino

E hoje, que eu precisava acordar à tarde para conseguir ficar acordada à noite, eu acordo às dez paras as nove. *-*

Pois é, gente. Amanhã é Natal. O meu presente eu já ganhei. Foi um All Star lindíssimo, azul e branco, com uma fitinha vermelha na lateral e uma estrala branca no meio. Aié, o Paulo me deu um presente que, pelo amor de Deus pai todo poderoso, fiquei até sem graça de ter comprado uma camiseta bonitinha pra ele. -.-º

Mas, bem. Feliz Natal a todos, volto para desejar um ótimo ano novo, okay?

Beijinhos,

Letii

Tentativa

Estou tentando bolar um texto. Mas não consigo. ‘-‘Talvez volte mais tarde.

Beijinhos,

Letii

Enroladinho

“Ser seu sonho adolescente essa noite”
Teenage dream, Kate Perry

Sempre apreciei a imagem da mulher. Sendo como moça, sendo como mãe. Parece que ser mulher não basta ser: tem que ter aquele jeito delicado nas coisas que faz. Trejeitos leves e cheios de graça, feitos sem um pingo de propósito.

Um exemplo disso são os casais. Adoro ver casais! O cavalheiro enfeita a bochecha da dama num pequeno beijo e ela sorri em resposta. Uma cena tão importante para o relacionamento como qualquer outra. Afinal, o que quer dizer aquele sorriso? Muita coisa. Não apenas a felicidade de receber aquele mimo, mas a alegria de estar com quem se ama. Pode ser que elas não percebam, mas estão bastante felizes.

Lembro-me de uma das primeiras vezes em que nos encontramos: medimos nossas mãos. A minha era bem menor que a sua, tanto que as pontas de seus dedos se dobravam acima dos meus. Sorri verdadeiramente. Que delicadeza! Apesar das unhas não pintadas nem compridas, que delicadeza! Sua palma me protegendo e eu querendo proteger você. Olhos, sorriso, abraço e carinho femininos. Todos num mesmo dueto de objetivos: amar e proteger. Sim, somos pequenas! Sim, somos frágeis! Mas queremos lhes amar e queremos lhes proteger. Fazemos isso com simples gestos que esperamos que entendam e se orgulhem. Deviam observar com esmero cada mudança no rosto e na pose das mãos. A direção de cada olhar.

Aproveito, então, para deixar um recado: ainda que minhas mãos sejam menores e tenham dificuldades em tomar a superfície inteira de suas palmas, vou cuidar para que o calor transmitido seja tão grande quanto seu cabelo enroladinho. Leve isso como um elogio a seus cachos. 🙂

Beijinhos,

Letii

Coisas engraçadas

 

Ai, hoje estou bem! Tantos comentários novos e o crescimento repentino das visitas (que haviam caído bruscamente) me fizeram pensar em como a vida é bela! 😀 Obrigada, gente. :’) Então, como estou bem, contarei coisas engraçadas.

 

COISA ENGRAÇADA 1

Já faz um bom tempo, na sala da minha irmã, a professora mandou um menino para fora da classe e deu a maior bronca porque o moleque disse ‘caralho’. Todo mundo quieto e com o maior medo da professora (que estava uma arara). De repente, uma ‘amiga’ dá o maior Antônio Nunes da história na minha irmã… O que foi que ela gritou?

– CARAAAAAAAAAALHO!

A professora olhou feio para ela. “Você viu, né?”, minha sister respondeu. A professora entendeu a situação e seguiu com a aula. U_U Outra dessas de palavrão foi ontem. Dei o maior escorregão e gritei um palavrão, no susto. Meu pai: “Letícia! O que que é isso?”. E eu, “Desculpa, papai… Foi o susto.”. Mas qualquer coisa que eu fale em casa é palavrão. Minha mãe briga comigo quando eu falo ‘inferno’ (e eu falo isso demais). :/

 

COISA ENGRAÇADA 2

Há uns dois dias, se não me engano, eu e minha família fomos à um lugar que tinha patos. Patos são legais, porque andam balançando a bunda. Ok, mas isso não vem ao caso. Além de patos que balançam as bundas, também tinha marrecos, gansos e um cisne preto de bico vermelho (UHAEUHEA. Me lembrei de Yu-Gi-Oh! ><‘). Pois bem, estávamos sentadas, conversando, vendo as aves nadarem por aí. O cisne se aproximou e fechamos a boca. No ar, ficou um clima de “a natureza é bela”, “como isso tuso é perfeito”, “eu amo o verde”. Tudo na maior beleza natural quando o cisne… caga. Me desculpem, mas não há outra palavra para usar neste momento. O cocô dele simplesmente explodiu na água, vocês não têm noção (ou têm)! Ele realmente ca-gou. Quebrou todo o clima. E n[os fomos embora. Triste. :/

Ai, por hoje é só. Daqui a pouco vou ao mercado. Mas não queria ir. Droga. ><‘ Que horror, estou num papo de Twitter que pelo amor de Deus.

Beijinhos,

Letii

Difícil

Queria postar em resposta a um post do Gu, mas não estou bem para isso. As coisas têm sido difíceis pra mim. Difíceis mesmo. Chorando sempre – seja de tristeza ou de raiva. Queria que me dessem conselhos. E isso também me deixa sem ideias, às vezes. Eu sei lá. Espero que apenas entendam e tenham paciência.

Beijinhos,

Letii

A fuga

Eu fiquei de castigo, mas estou de volta! B) Ah, claro. No último dia de aula, fugi da escola. 😀 Eu, sister e um menino da classe dela. Foi engraçado demais! Íamos subir na caixa de força e pular o portão, mas era muito alto (minha irmã tentou). Então, eu disse para irmos para o outro lado – onde o muro era mais baixo). O amigo da minha sister completou a ideia dizendo que podíamos pular na escola ao lado e ir embora. Ficamos o maior tempão decidindo. Quando estávamos passando para o outro lado, uma mulher entrou na escola e perguntou se íamos sair (pra saber se ela fechava o portão ou não). Olhamos um para o outro, tinha um gordo na frente da secretária. “Deixa aberto, deixa aberto!”. Saímos correndo no maior pau, a mulher deu risada e fomos embora. 😀 Foi uma das melhores coisas que eu fiz na minha vida com exceção do último miojo que comi (brincadeira, eu grudei o miojo no fundo da panela. Aliás, sempre grudo.). *-*

Beijinhos,

Letii

Replay

amanda perrone (:

 

“A gata é como uma melodia na minha cabeça.
Me faz cantar ‘na na na’ todos os dias.
Parece que meu iPod travou no replay.”
Replay, Iyaz

Tenho uma séria dificuldade em demonstrar sentimentos grandes. É que, às vezes, só um “obrigada” ou até um “eu te amo” expressa essencialmente aquilo que gostaria de passar. Por isso mesmo, acho que o valor que te dou não é de seu conhecimento. Acredite, te gosto demais. E te admiro também. Você é inteligente, engraçada, sincera, confiável. Me sinto tão bem em sua companhia.

É como se você fosse tudo o que eu sempre quis ser. Ou, pelo menos, é a impressão que me passa. Uma garota que é ela mesmo e aceita. Se gosta, se sente bem fazendo aquilo que quer. Falo sério quando digo que nunca esperei – por questões óbvias –  ter um modelo de pessoa que fosse mais novo que eu. Mas você chamou minha atenção e me surpreendeu. É difícil encontrar alguém assim como você, com uma cabeça tão boa e ideias tão legais. Se pudesse voltar no tempo e passar um dia no corpo de outrém, seria você.

E me volto a minha dificuldade. Te dou valor demasiado. Fiquei até triste quando você disse que queria ter a mesma genialidade da J.K. Rowlling, Pê. Você tem, sua boba. Ah, e minha dificuldade, minha deficiência. A única coisa que consigo fazer repetir a mesma coisa várias e várias vezes. E várias e várias vezes.

Navegação de Posts

%d blogueiros gostam disto: