A menina que matava caracóis

Filosofias úteis, inúteis e outras coisas que você pode não precisar.

Orelha de Limão

orelha

Exposta. Foi assim que me senti. Eu não sabia como agir. Bem, creio que não saibam do quê exatamente eu esteja falando. Aconteceu há algum tempo, uma semana, creio eu. Fui no consultório do meu primo, em São Paulo. Demorou bastante pra chegar lá. É em um bairro menos favorecido, sabe? Bem, quando chegamos lá, eu me senti exposta, insegura. Nada contra, não me importa a classe social mas, eu não estava no meu espaço, sabe? Eu tive medo. Medo de agir errado. E se, sem querer, eu falo alguma coisa que não devia? Já pensou eu acabo me passando por exibida, estúpida, chata, ridícula ou qualquer coisa do tipo? E exposta. Totalmente exposta. Porque? Bom, estava na cara que eu não era de lá. É muito, muito estranho estar em um lugar ao qual você não pertence. É desconfortável. Na hora, deu vontade de mudar, sabe? Mudar tudo. Dá vontade de chegar pra eles e dizer: “Olha, vocês vão fazer isso, mudar aquilo e pá.”. Eu vi uma garota grávida. Não que isso dependa de classe social, só estou citando. E, deu vontande de chegar nela e falar: “aaah, sua idiota! Porquê?! Você não pode fazer isso! Você tem que esperar! Mas, se você quiser realmente fazer, pelo amor do santo Deus, usa camisinhaaaa! Agora, ó, eu vou te voltar no tempo e você vai fazer tudo certo, ok?” VUUUUUUUSH! A menina voltaria no tempo e arrumaria tudo. Além de, é claro, conscientizar as amigas e o resto do mundo. ¬¬° Deu uma sensação de impotência – que, na minha opinião, é uma das piores sensações que existem. Eu fiquei parada, olhando tudo aquilo, querendo fazer algo para ajudar, para melhorar e pensando em como toda aquela vontade era ridícula porque, obviamente, eu nunca poderia chegar pras pessoas e falar o que elas devem fazer! Mas, como o Flávio costuma dizer: “Só sei que nada sei”. E não sei mesmo. Se é estranho, é e acabou. Eu não sou de lá e eles não são de cá. Eu era uma patinha feia, uma orelha de limão (vide imagem). Eu era o Chewbacca e quero que se exploda. Já passou. 😉

Navegação de Post Único

2 opiniões sobre “Orelha de Limão

  1. Jinx em disse:

    Se sou eu falava mesmo e tava nem vendo .-.
    Ah, mas pior que não se sentir do lugar, não sendo do lugar, é não se sentir do lugar sendo do lugar… (nenhum pouco embaraçoso!)

    Curti Lê!
    Beijo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: