A menina que matava caracóis

Filosofias úteis, inúteis e outras coisas que você pode não precisar.

Edição Especial – Eu não estou morta (capítulo III, 2ª parte)

tattoo

 

Capítulo III – As duas simples e malditas tatuagens
(2ª parte)

No outro dia, eu acordei meia hora atrasada (eu falei que eu sou azarada! Só quero ver com que chave de ouro eu vou fechar o dia!). Mas eu tenho um bom motivo pra ter acordada atrasada! Me responda, se você sonhasse com o supermodelo sarado de vinte e sete anos da casa ao lado, você iria querer acordar? É claro que não! (na verdade, isso depende muito, se você for menino, aposto que não… A não ser que você seja gay, mas isso não vem ao caso…). Bom, por puro azar meu, minha mãe não lavou minhas camisetas, e a única roupa limpa que eu tinha era um vestido com florzinhas cor-de-rosa, cheio de lacinhos e fru-frus (que a minha tia solteirona me deu e eu nunca usei)! Deu vontade de colocar a calça e o sutiã e ir para a escola! Mas, quando eu desci de calça e sutiã, minha mãe não me deixou sair assim… Minha mãe é uma fresca, isso sim! Eu acabei me vestindo de Barbie. Aí ficou aquela coisa linda: uma adulta de dezessete anos vestida de Barbie, com o material todo preto, vermelho e branco! (que são as cores do rock.), e ainda por cima, com o esmalte preto descascado, munhequeira no braço direito, um monte de pulseira preta no braço esquerdo, brinco de caveira e um All Star preto de cano alto! (com uma meia três-quartos amarela… Mas eu abaixei as meias). Quando eu passei pelo corredor, todo mundo ficou me olhando e tirando sarro. Eu fui ao banheiro para me achar ridícula (patricinhas fazem isso, – e eu odeio patricinhas – mas, como era uma ocasião muito especial, não conta como um ato “patricinho”). Porém, o sinal tocou bem quando eu passava meu batom preto básico. Eu chegaria na hora para assistir à aula, se o sinal não me assustasse e me fizesse borrar o batom. Mas eu tinha que tomar um susto! Eu passei papel higiênico, mas acabei “pintando” minha cara de preto! Enfiei minha cara debaixo da pia e esfreguei até não poder mais! No que eu enfiei a cabeça na pia, a água escorreu água pela roupa (por incrível que pareça, os acidentes com água só acontecem comigo!). E o vestido, de era meio branco (sabe quando as florzinhas da roupa são pequenas, e parece que a roupa é da cor das flores, mas, na verdade, ele é branco e só as florzinhas são coloridas?), e eu estava com um sutiã verde claro, e aí, quando a água escorreu, ficou aparecendo aquele verde bebê! Como eu odeio esses acidentes!

Quando saí do banheiro, dei de cara com uma professora (que, infelizmente, era a professora de biologia – que, em vez de um par de seios tem duas acerolas -, e que, por acaso, me odeia, e eu, logicamente, retribuo tamanho sentimento).

Eliza! O que você está fazendo aqui? Faz dez minutos que o sinal tocou! E porquê você está toda molhada?

Pra mostrar os peitos que você não tem!- Brincadeira, eu não disse isso… Mas queria ter dito!

Vamos, vá para sua sala, vai, vai!

Quando ela virou de costas, eu lhe fiz um gesto não muito educado, mas que mostrava todo meu sentimento por ela!

Cheguei na sala de aula, bati na porta e entrei. A professora já tinha colocado um infinito de letras e números na lousa. Ainda bem que eu não estava lá quando ela passou tudo aquilo, senão eu já tinha dormido! Todo mundo começou a olhar pra mim e meu sutiã verde. Bom, pelo menos os meninos olharam pros meu “melões”, né? Ao menos alguma coisa boa…

Liz, o que aconteceu?- Professora chata, quer que eu fale na frente de todo mundo!

Eu olhei pra mim de baixo pra cima e falei:

A senhora quer mesmo que eu responda?

Não, vai sentar, Liz.

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: