A menina que matava caracóis

Filosofias úteis, inúteis e outras coisas que você pode não precisar.

Edição Especial – Eu não estou morta (2ª parte do capítulo II e 1ª parte do capítulo III)

head-tattoo-01

 

Olha só, gente! Olha que tigre lindo! Olha que macho que eu fiquei!

Pra mim tá parecendo um magrela se achando o gostosão.

Ah! Cala a boca, Liz!

Mas tá parecendo mesmo…- Concordou Betty.

Só posso fazer uma pergunta?

Pode.

Se você tem que ficar com o plástico no peito, você não pode colocar a camiseta, pode?

Claro que posso, Liz!

Mas não vai ficar aparecendo um pouco? Por causa da irregularidade…

É mesmo! E agora, Rê? E se meus pais descobrirem?

Bom… Faça qualquer coisa, menos me dedurar!

Nossa… Valeu…

Vamos indo, Léo, a gente resolve isso no caminho!- Pra Betty tudo tem solução.

Eu vim de bike, e vocês?

A gente também veio de bici, menos a Betty… Eu tive que “carregar” ela na bicicleta!

Porquê você não veio de bike, Betty?

Ah… Não estava com vontade…

Bom, vamos indo?- Se eu não falasse isso, o Léo iria começar a reclamar da Betty, ainda bem que ele concordou em ir!

Claro…

Chegamos no ponto onde eu tinha que me separar deles.

Tchau, gente! Até amanhã!

Vejo você na escola, Liz!

Tá bom, Betty!

Até mais, Liz!

Tchau, Léo!

 

Capítulo III – As duas simples e malditas tatuagens

      Fui pra casa. Infelizmente, eu esqueci que estava com a camiseta suja e ao entrar em casa, me deparei com a minha mãe sentada na poltrona, com o casacão do lado dela, estava muito claro que ela estava me esperando chegar…

Eliza Cordel Pinheiros!- Nome horrível o meu, não? Tá aí uma boa razão pra me chamarem de Liz.- Você saiu vestindo uma camiseta suja?

Hum… Acho que sim…

Onde você arranjou essa camiseta?

Na minha gaveta de meias…

Eu não acredito que você fez isso!

Mas, mãe…

Nada de mas, você está de castigo!- Eu não sei por que cargas d’água as mães nos colocam de castigo! A gente nunca vai aprender mesmo!

Tá bom… Tá bom…

Subi e fui pro meu quarto, precisava de um banho urgente. Quando estava tomando banho, me lembrei de uma coisa MUITO importante: “EU ESQUECI DE FAZER A TATUAGEM!”. Não me conformei! Mas o pior de tudo não foi não ter feito a tatuagem, foi ter passado por tudo o que eu passei! Veja só minha situação: Eu saí de casa com um casaco ideal para ir esquiar, no dia mais ensolarado e quente do mundo, dei de cara com o meu vizinho gostosão, que ficou me olhando com a pior cara de bunda que eu já vi na vida; quando eu não podia mais colocar o casaco, descobri que minha camiseta (que já estava fedida e amassada) estava manchada de pasta de dente, e eu fiquei parecendo aquelas criancinhas de sete anos que não sabia nem limpar o traseiro, não podia entrar em casa para trocar de blusa, então eu joguei água na mancha durante uns dois minutos, pedalei a bicicleta do meu irmão (a minha bicicleta quebrou há uns dois meses, quando eu tentei pular a mesa de jantar da sala com ela), meus joelhos ficaram batendo no guidão durante todo o percurso, porque a bicicleta é muito pequena pra mim, pedalei feito uma condenada por uns três quilômetros, suei pra caramba e deixei a camiseta mais fedida ainda, cheguei no lugar, me passei de boba pra ninguém notar a pequena grande mancha d’água na minha blusa (porque a desgraçada não secou no caminho!), o que não deu muito certo e fez meus amigos zoarem comigo, dancei no meio da loja, fiz meu amigo se passar por um homossexual (essa parte até que foi legal…), fiquei conversando sobre dor com a minha melhor amiga durante uma hora e pouco, pedalei mais três quilômetros, cheguei em casa, levei bronca da minha mãe, fiquei de castigo, não vou jantar por causa do maldito do castigo (e hoje é dia de pizza!), e depois de tudo isso, além de não fazer a tatuagem, descobri que o sabonete acabou, e a última “fatia” dele caiu no ralo! Eu gostaria muito de conhecer alguém mais “sortudo” que eu! E pior ainda: eu não sei o que fiz pra merecer isso! (Talvez eu até saiba… Mas esqueci… É só pra dar um drama final… Por que eu sou a vítima!).

(Continua…)

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: